Sistema FAEB

Destaque do agronegócio no comércio internacional

Balança comercial do Brasil e do seu agronegócio mostram cifras favoráveis de janeiro a agosto, se confrontado com igual fase de 2022

A balança comercial do Brasil e do seu agronegócio mostram cifras favoráveis de janeiro a agosto, se confrontado com igual fase de 2022.  No total do país, os valores tiveram reduções, tanto nas exportações (-0,55%), com também nas importações (-17,49¨%), mas com saldo maior (+4,87%). Com relação ao desempenho do agronegócio, seguem em crescimento as exportações (4,01%), com redução nas importações (-0,99%) e aumento no saldo comercial (4,87%).

A participação do agronegócio em relação ao do país teve aumento de 48,14% para 50,17% na exportação, de 6,23% a 6,89% na importação e no saldo comercial de 221,57% para 162,79%.  Esse quadro deve perdurar nos próximos meses. 

Dois fatores têm sido importantes para o setor. O primeiro pelo fato da colheita nacional recorde de grãos na safra 2022/23 proporcionar melhores oportunidades de comercialização. O segundo em função dos preços de alimentos terem tido queda depois da alta ocorrida a partir de junho de 2022. Nas vendas deste ano houve aumento no índice de quantum (+13,2%), com diminuição no índice de preço (-10,6%), e subida na receita.

Fonte: Agrolink

Posts Relacionados

Deixe um comentário

plugins premium WordPress