Sistema FAEB

Mapa participa do lançamento do primeiro estudo sobre tempo para liberação de cargas focado nas exportações brasileiras

O Ministério da Agricultura e Pecuária esteve presente, na última sexta-feira (20), do lançamento do primeiro Estudo de Tempos de Liberação de Cargas focado nas exportações brasileiras.

O estudo é organizado pela Receita Federal do Brasil com apoio do Banco Mundial e aponta que cerca de 85% de todo o tempo para exportação é consumido na etapa entre o desembaraço e o embarque, portanto fora do tempo sob o poder público. Dos demais 15%, 12% do tempo é de responsabilidade do exportador e apenas 3% é gasto pelos órgãos públicos, incluindo o Mapa.

O secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura e Pecuária (SDA/Mapa), Carlos Goulart, representou o Mapa e valorizou o baixo tempo consumido com o poder público no processo de exportação e destacou a dedicação do Mapa e da SDA na busca constante pela melhoria dos processos envolvidos nas exportações.

“O estudo traz informações relevantes para o aumento do desempenho da administração pública nos seus controles. Nosso país é agroexportador, com os produtos agrícolas sendo dominantes na balança comercial brasileira. O papel do Mapa é forte na função de dar certificado e de garantir esse processo. Sendo assim, temos comprometimento com a facilitação, aumentando cada vez mais a eficiência administrativa, diminuindo os custos operativos da União e, consequentemente, aumentando a eficiência na pauta exportadora”, declarou Goulart.

Além do Mapa, participaram do evento o Ministério da Fazenda, a Organização Mundial das Aduanas, o Banco Mundial, a Receita Federal, o Ministério da Infraestrutura, representantes das companhias aéreas brasileiras, líderes associativos e sindicais.

Fonte:  MAPA

Posts Relacionados

Deixe um comentário

plugins premium WordPress