Sistema FAEB

Ministro Torquato Jardim divulga Selo Pró-Ética em Salvador

O ministro da Transparência, Torquato Jardim, fez palestra nesta terça-feira, 4, em Salvador, para divulgar o Pró-Ética, programa federal de prevenção e combate à corrupção. Lançado, em 2010, pela Controladoria Geral da União (CGU), em parceria com o Instituto Ethos, o Selo Pró-Ética é um reconhecimento do governo federal a empresas que, independentemente do porte ou ramo de atuação, investem em boas medidas de prevenção e combate à corrupção. Este ano, as inscrições seguem até o dia 28 de abril e podem ser feitas pelo site www.cgu.gov.br

Torquato Jardim convocou os empresários baianos a participar da iniciativa, investindo na integridade nas relações de governo e com outras empresas. Cerca de 100 pessoas, entre lideranças empresariais e técnicos da Federação do Comércio e de outras entidades de classe, assistiram à palestra de Jardim, no prédio-sede da Casa do Comércio, na Avenida Tancredo Neves.

“Para garantir o selo é preciso passar por uma auditoria feita pelo Ministério e, depois, por um juri, formado por representantes do setor público e privado”, explicou Jardim, sem informar detalhes sobre os critérios de avaliação. “Até por questão de sigilo das informações e documentos obtidos, nem eu mesmo sei como foi feita a escolha das empresas que ganharam o prêmio no ano passado”, revelou o ministro da Transparência.

Mesmo sem critérios transparentes para a seleção, as empresas brasileiras estão ampliando o interesse na obtenção do selo Pró-Ética. No ano passado, foram 195 empresas inscritas, contra apenas 97 registradas em 2015. No final do processo de avaliação dos critérios, apenas 25 foram aprovadas – nenhuma baiana ou de atuação apenas regional e muitas multinacionais (veja relação nesta página). Em 2015, apenas 19 conseguiram o feito.

Depois de Salvador, as próximas palestras serão realizadas em Fortaleza (CE) e Recife (PE). Somente este ano, eventos do tipo já foram realizados em Manaus (AM), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS).

Fonte: Jornal A TARDE

Posts Relacionados

Deixe um comentário

plugins premium WordPress