Sistema FAEB

Sindicato Rural de Inhambupe é reativado após mais de uma década

Um passo importante foi dado para a representatividade do setor rural em Inhambupe: a reativação do sindicato rural do município, importante entidade de classe que estava sem atividade há pelo menos 12 anos. A retomada institucional faz parte do programa de qualificação e reestruturação sindical, da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), cujo objetivo é alavancar a organização social, através de ações de comunicação, inovação, infraestrutura e capacitação.

O presidente da Faeb, Humberto Miranda, participou da cerimônia de reinauguração da unidade de Inhambupe. Na cerimônia, que reuniu agricultores e pecuaristas da região, Humberto ressaltou a importância do fortalecimento do setor, através do associativismo. “Individualmente não temos força para mudar o cenário, mas enquanto instituição nossa voz ecoa, pois falamos por uma classe inteira, assim somos vistos e escutados”, disse.
Para ele, a reativação do Sindicado será um divisor de águas no município. “Com a entidade, muitos benefícios virão para Inhambupe, a exemplo de capacitação de mão de obra rural, para atuar no setor que mais tem crescido e empregado. O sindicato rural é a entidade executora dos nossos cursos de capacitação. Através dele, formamos pessoas e profissionais, fortalecendo cada vez mais o setor”, reitera.


Antônio Carlos Leal, eleito para presidir o Sindicato dos Produtores Rurais de Inhambupe (SPRI), falou das expectativas para a reabertura do Sindicato. “Como temos municípios vizinhos sem sindicatos, seremos uma unidade regional. E esta é uma região essencialmente agropecuário, que merece ter uma entidade forte e atuante, para representar as nossas demandas”, destacou

O SPRI foi fundado em 1976 e inaugurou sua sede própria em 1982. Com a reativação, a previsão é trazer o máximo de agricultores e pecuaristas para se associarem à entidade.
O prefeito de Inhambupe, Nena Costa, ressaltou que a reabertura do Sindicato encoraja o setor público a investir mais no setor. “Temos um potencial enorme que precisa ser explorado. Espero aqui nascer uma parceria para alavancar a atividade e valorizar o produtor rural, sobretudo o de pequeno porte”.

Fonte: Ascom Sistema Faeb/Senar

Posts Relacionados

Deixe um comentário

plugins premium WordPress