Sistema FAEB

Customizar a informação pode ser caminho para difundir agricultura de precisão no País

Informação customizada pode ser uma maneira de difundir a agricultura de precisão no País, acredita Márcio Albuquerque, presidente da Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão (CBAP) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), da qual o SENAR faz parte. Segundo ele, a adoção da agricultura de precisão tem aumentado entre os produtores rurais de forma perceptível, mas ainda falta acesso à informação e à mão de obra qualificada.

“É necessário massificar o conteúdo e dar a informação de forma diferente para cada profissional do setor. Por exemplo, o operador precisa ser levado até a máquina para aprender como utilizá-la. O produtor precisa de uma informação diferente para gerir a produção, o filho do produtor também, o agrônomo também e por aí vai. Todo mundo tem que estar informado e envolvido no processo desde o operador até o dono da fazenda. Hoje os tempos são outros e com a informação customizada conseguiremos difundir a agricultura de precisão, entretanto, esse ainda é nosso grande desafio.”

Albuquerque explica que a primeira onda de difusão da agricultura de precisão aconteceu com a prestação de serviços e com a consultoria, porém, gradualmente o produtor está conhecendo mais o que é AP e vendo as vantagens de usá-la. “É importante o produtor perceber que a agricultura de precisão não é só tecnologia, mas uma ferramenta de gestão para que ele também gerencie a lavoura baseado em dados. No entanto, ainda é uma grande dificuldade fazê-lo investir nisso, pois ele se preocupa com a gestão apenas quando a situação econômica está mais apertada ao invés de investir quando tudo está bem para garantir estabilidade no negócio.”

Em relação à capacitação em agricultura de precisão que pode reverter o quadro da falta de mão de obra qualificada, o presidente da CBAP destaca o papel do SENAR, que desenvolve um programa nacional. “O SENAR tem um papel importante na formação do operador e do produtor, mas a quantidade de pessoas treinadas ainda é relativamente baixa frente à necessidade de expandir a agricultura de precisão no País. Segundo estimativas de mercado, só alcançamos até agora entre 15 e 20% do público rural”, revela. Ele acrescenta que ações em todo o território nacional são necessárias e bem-vindas para a disseminação da agricultura de precisão. “Sabemos que há regiões que adotam mais a agricultura de precisão do que outras. Nesse sentido o SENAR pode contribuir, fazendo articulação entre as Administrações Regionais para expandir as ações nos estados. O programa de AP da entidade é bom, só é preciso dar mais escala para ele e o ensino a distância pode ser uma saída para isso.”

O acesso à agricultura de precisão foi facilitado recentemente pelo Plano Safra 2017/2018, por meio de uma linha de crédito específica para investimentos em novas tecnologias. “A Inovagro já existe há dois anos e a novidade é que foi incluído um item para aquisição de equipamentos de AP com recursos do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). Para ter acesso, o produtor precisa orçar os equipamentos que deseja e procurar algum dos bancos operadores do BNDES munido da documentação necessária para solicitar a linha de crédito”, esclarece Márcio Albuquerque.

Para o próximo ano, a Comissão Brasileira de AP pretende focar em duas questões, adianta o presidente. “Vamos trabalhar a divulgação da agricultura de precisão e, para isso, contamos com o apoio do SENAR. Outra prioridade para 2018 será conseguir levantamentos oficiais da taxa de adoção de AP no País. O que temos hoje são estimativas de mercado. Tendo esse levantamento oficial, será mais fácil elaborar uma agenda de ações voltada à difusão do tema que é cada vez mais importante para o produtor e para o agronegócio brasileiro.”

Conheça o Programa Nacional de Agricultura de Precisão do SENAR, acesse o Blog AP no SENAR:www.senar.org.br/agricultura-precisao. Na página, é possível ter acesso ao conteúdo do programa e a informações atualizadas do setor.

Assessoria de Comunicação do SENAR

Posts Relacionados

Deixe um comentário

plugins premium WordPress